2019 – Jan, 09

Olha, que manter uma netinha de mente cristalina no banco de trás do carro, com cinto de segurança e tudo mais, é uma tarefa dificílima para o Vô Vivendo! Num desses passeios, pela milésima oitava vez, ela se solta do cinto e fica de pé, atrás daquele vão, entre o banco do motorista e o do caroneiro. O avô, cansado de manter a ordem e achando que é possível combinar direção prudente com estímulo à curiosidade infantil, faz que não repara.

De repente, a netinha esbugalha os olhos e começa um gritedo, avisando:

Vai desabar! Vai desabar! Vai desabar!

Como ela parece apavorada de verdade, Vô Vivendo para o carro e pergunta o quê vai desabar.

Ela explica:

O asfalto, Vô! Olha! Tá tudo rachado!

Vô Vivendo respira fundo. Olha para o pobre do asfalto, realmente precisando de uma recapagem. Respira mais uma vez… e manda a netinha sentar direito no banco de trás e usar o cinto.

Ela obedece, faz uma carinha de muito sem-vergonha e dispara, ciente de sua infinita superioridade intelectual e existencial:

Te trolei!

Observação: esta pequena crônica não pretende ser uma crítica às péssimas condições de conservação do nosso asfalto hamburguense, muito menos à prefeita da cidade. A culpa é dela, mas não só dela. O problema é de 1900 e antigamente e passou sem solução possível por, no mínimo, quatro prefeitos que a antecederam (e, mesmo assim, olha que foi feito algum investimento importante nesta área)! Ainda, a parcela da atual prefeito existe, mas especialmente nestes tempos de destruição econômica que estamos passando, não tem recurso que chega. Se fosse para garantir turno integral para nos primeiros anos da escola infantil, coisa que Novo Hamburgo está perdendo (também em nome e por causa da crise) eu toparia enfrentar ruas ainda mais esburacadas, praguejando menos contra os solavancos e pneus estragados. É uma opinião bem pessoal. Embora eu sabia que milhares concordam comigo, tem quem prefira crianças fora da escola se for para rodar por aí sem susto. E não é tão pouca gente! E esta gente também conta.

Anúncios