Estava passeando com a netinha de voz cristalina e olho valente. Passamos por uma árvore que se ramificava a pouco mais de meio metro do chão e ela quis subir:

– Quero ficar no colo da mãe natureza, vô!

Claro que concordei. Emprestei a mão para facilitar sua subida e ela sentou na junta de dois galhos. Lembrou de tirar fotos e começou a fazer poses. A última delas foi para não deixar dúvidas: encostou o rostinho no tronco e explicou:

– Eu amo a mãe natureza!

Não tenho dúvida!

Anúncios