… quando vem os pardais, pequeninhos, ligeiros, derrotando tristezas com seu simples voar…

… quando vem pra escola, as crianças da vila, pra aprender um futuro e ganhar seu café…

… quando os homens sacodem nos bancos de um ônibus velho, cansados de um dia que nem começou…

… quando o sol vem tocar a cidade inteira com a ternura invencível dos seus dedos de luz…

Anúncios