“Enquanto vocês só ‘quer’ parecer uns ‘maluco total’, mas ‘faz’ tudo igual,

eu vou, do meu lado, aprendendo a ser lúcido, neste mundo real, onde a loucura é geral,

vou levando minha miudez, esperando o trem das dez pras seis…

e vou tentar, tentar, com certeza, mas não é moleza…

eu vou tentar, botar o pão na mesa e quem sabe alguma beleza.

Neste mundão que eu não escolhi, não é fácil seguir – e é tão fácil fugir,

disfarçando nossa miudez com este papo de maluquez…

… eu não vou ficar – não vou! – esperando a falácia de alguma outra galáxia…

… não vou ficar – não vou – o trem das sete não chegou, nem o disco voador!”

Anúncios