Estou sentado no Trensurb, preocupado com a possibilidade de alguns malucos entrarem de armas na mão pra repetirem o arrastão do último domingo, e meu amigo me cutuca, mostrando a notícia no seu celular: “Temer indica Moraes para o STF”.

Putz!… tinha coisa pior do que ser assaltado no trem!…

A notícia parece um deboche na cara dos brasileiros!… mas é pior que isto…

É um MURRO!

Este Alexandre Moraes, que o presideeeeeente da República (golpista e usurpador), Michel Temer indica para o Supremo Tribunal Federal é seu atual ministro da jUSTIÇA…

e o sUPREMO é quem pode controlar a tal Operação Lava Jato… e o próprio Temer e seus principais ministros estão denunciados nas delações premiadas… Pode isto?

mas o problema é ainda maior. Este senhor ministro da jUSTIÇA, Alexandre Moraes, parece um ridículo, mas é pior que isto, na minha opinião. É um homem agressivo e incompetente. Foi secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo…

… quando o PCC – Primeiro Comando da Capital reuniu forças, enfrentou o governo do Estado e passou, na prática, a comandar o sistema prisional do Estado. (Hoje disputa o controle das prisões em todos os Estados do país e em países vizinhos).

– Para saber mais: http://brasil.elpais.com/brasil/2017/01/11/politica/1484142145_443247.html

Claro que a culpa pelo caos da Segurança Pública não recai apenas sobre este homem, que agora vai para o Supremo (seu nome precisa ser confirmado pelo Senado, mas tenho poucas dúvidas de que isto irá acontecer). Sua incompetência está confirmada porque não resolveu nenhum dos problemas já existentes. Os problemas só cresceram…

… apesar da truculência do então Secretário, exibida no tratamento cada vez mais prepotente dado ao povo da periferia.

Quando assumiu o Ministério da jUSTIÇA, uma de suas primeiras “providências” foi entrar de facão em punho numa plantação de maconha, no Paraguai, vestido de preto e com uma bandeirinha verde-amarela costurada na manga da camisa, desferindo raivosos golpes contra as plantas …

tudo bem filmadinho pra mostrar o espetáculo a todo o país e tranquilizar a família brasileira.

como todos nós sabemos, graças a esta potente ação, desde então o tráfico de drogas se intimidou e não temos mais este tipo de problema no país…

só eu que estou sentado, aqui, no trem, preocupado com a possibilidade de algum assalto.

Alguns dirão: mas os assaltos no Trensurb são um problema do Estado… É verdade. Aqui é uma coisa e no Brasil é outra. Por isto, não há e não haverá nenhuma relação, nem de causa nem de efeito, entre os motins em presídios, que se espalham em todo o país, e a retirada das 14 câmeras internas de videomonitoramento do presídio de Novo Hamburgo.

Mas as famílias podem ficar despreocupadas, porque agora o senhor Alexandre Moraes vai para o Supremo e, pelo que indica seu histórico, cuidará de nos oferecer novos e impressionantes espetáculos de “Guerra a Maconha”! No Brasil, não corremos o risco, por exemplo, de descriminalizar o uso desta planta e afundarmos no caos absoluto, como aconteceu com a Holanda e certamente ainda irá acontecer no Uruguai, países que já adotaram esta legislação.

MAIS COMBATE À IMPUNIDADE

Ah! ainda sobre o combate ao crime e à impunidade: no final do ano passado, o presideeeente (golpista e usurpador) Temer concedeu indulto (perdão e extinção de pena) ao ex-prefeito de Coari (AM), aquele que foi condenado por comandar uma rede de exploração sexual de crianças e adolescentes. Justifica-se: o ex-prefeito, Adail Pinheiro, teve bom comportamento, cumpriu um quarto da pena e os os crimes que praticou não constituíram “grave ameaça ou violência à pessoa”.

Além disto, a gente deve considerar que é um homem competente. Mesmo ele estando preso (em casa, com tornozeleira eletrônica), continua influente na política local. Seu filho é o atual prefeito da cidade. A vice também é filha dele. A vereadora mais votada é irmã dele. E um sobrinho também é vereador.

Saber mais? http://www.pragmatismopolitico.com.br/2017/01/ex-prefeito-acusado-de-pedofilia-tem-pena-extinta-apos-indulto-de-temer.html

Anúncios