Fui à Prefa de Novo Hamburgo, hoje (16/01) à tarde, para solicitar carnês da MEI do meu filho. Pensei em resolver um probleminha. Acabei resolvendo dois. É que a simpática servidora pública que me atendeu me alertou para a declaração do Imposto de Renda das MEI… e ainda me ensinou a fazer isto on-line.

Feliz da vida, brinquei com ela e disse que “agora as coisas estão funcionando”. Ficou na dela. Apenas sorriu, com um brilho malandro no olho. Eu sei – e ela sabe que eu sei – que este atendimento cortês e proativo não tem nada a ver com a pessoa sentada na cadeira do prefeito. É padrão, há muitos anos, por parte de inúmeros servidores públicos.

Mas tem gente achando mesmo que agora tudo está funcionando. Semana passada, um amigo veio me dizer que a nova prefeita, Fátima Daudt, “não é nada boba”. E indicou: “Olha como tá bonita a rótula da Prefeitura”. Verdade, linda… exatamente como o prefeito Luís Lauermann a deixou… florida e bem cuidada.

Claro que a nova prefeita não descuidou. Afinal, é um dos pontos de maior visibilidade de Novo Hamburgo. Outras praças que também mereceram atenção do prefeito Luís não estão assim, tão bem cuidadas. É que são menos visíveis. Não é que elas viraram o ano como sétimas maravilhas. Tinha coisa bonita – a primeira dama se dedicou muito às praças, nos últimos dois anos, tendo cuidado especial com a tradição alemã de cultivar muitas flores (com a ajuda ativa do servidor Volnei Campagnoni, que sugeriu e viabilizou o plantio usando velhos troncos de árvore como vasos).

Mas não deram conta de tudo, é claro. Acho que a Praça da Matriz, em Hamburgo Velho, recebeu o último trato por ocasião da Festeja de dezembro (quando houver festa de novo, ela volta a ficar limpa e florida!).

A Praça 20 melhorou, mas falta muito para se transformar no lugar aprazível que pode e merece ser. A prefeita ainda não chegou lá (e é mesmo ridículo querer que ela já consiga isto em apenas 15 dias).

Mas tem gente postando no feissebuque que, agora, sim! o Parque Floresta Imperial tá uma beleza. Verdade, desde o início do verão, em novembro do ano passado, eu tenho ido lá com minhas netas e netos. O prefeito Luís fez um acordo com a COMUSA, que vai aproveitar alguns espaços para suas atividades administrativas e, em troca, está cuidando da manutenção do Parque.

Também neste caso, tá bonito, mas não aquela maravilha toda. Aquela casa antiga continua caindo aos pedaços. E não estou criticando ninguém por isto. O primeiro a merecer esta crítica é o cara que foi Secretário Municipal da Cultura nos últimos quatro anos… e sou eu este cara. Mas, enfim, o Parque realmente melhorou muito, nos últimos meses da gestão do prefeito Luís. E até a recuperação da casa faz parte do acordo com a COMUSA.

O que estou querendo dizer é que tem gente querendo ver o sol à meia-noite. Calma, gente! Tem muita coisa que vai funcionar muito legal, mas tem que dar um tempo. Por enquanto, o que a gente vê que está funcionando muito bem é a equipe de marketing da nossa prefeita 20 por cento. Parte desta ideia, “de que agora as coisas estão funcionando” é mérito da inteligência deste pessoal.

Tenho observado, por exemplo, que eles estão imprimindo um estilo de trabalho que eu chamaria de Administração Show. O que é feito parece sempre pensado para causar muito impacto.

No meu caminho para Canudos, na esquina da Sapiranga com a Bartolomeu, por exemplo, encontrei um pessoal instalando novas e grandes placas de orientação para os motoristas. Contei seis trabalhadores cuidando da operação, além de dois guardas municipais, com carro e tudo. Chegaram a interromper o trânsito num dado momento. UAU! Super espetáculo, para colocar placas de sinalização que, além de verdadeiramente muito úteis, também dão alta visibilidade para a administração.

Aliás, posso até estar sendo meio deliróide, mas observei que também a concessionária de distribuição de energia elétrica na cidade, agora a RGE, está trabalhando a mil na troca de postes, com ostensiva presença nas vias de maior circulação. Pode ser coincidência, mas também pode ser que o deputado Redecker, padrinho político da prefeita e Secretário de Minas e Energia do Governo do Estado até a virada do ano, tenha contribuído para aumentar a sensação de muuuuito trabalho acontecendo na cidade.

Peço que me entendam bem: não estou querendo desmerecer nada. Governar com um olho no impacto sobre a opinião pública é o que todos os governos tentam fazer. E isto, aliás, se resultar em elevação da auto-estima, acaba sendo positivo para a cidade.

Mesmo assim, tenho uma preocupação, que considero sensata. Se o objetivo de parecer for maior do que o objetivo de fazer, há prejuízo justamente para aqueles que mais precisam.

Exemplo: um dos bons legados do prefeito Luís foi a praça que instalou na rua Ícaro, em Canudos. Está precisando de alguns cuidados. Mas não é muito visível.

zz-pca-esmeralda

Outro: um dos bons legados do prefeito Tarcísio, foi a praça que instalou na Vila Esmeralda, também em Canudos. Também precisa de alguns reparos. E também pode ser esquecida por não ter grande visibilidade. O que não quer dizer que tenha pequena importância. Hoje à tarde, quando passei por lá, tinha mais crianças aproveitando o espaço do que no Parque Floresta Imperial, que visitei um pouco mais cedo.

Mas a Vila Esmeralda fica na periferia.

Anúncios